Ecletismo Musical

“Porque amanhã é sempre tarde demais…”

Pedro Abrunhosa caiu. Sim, num programa de TV. Parece que teve um enorme sucesso a queda. «Longe», o seu novo álbum de originais, tem tudo para ser um sucesso ainda maior (já é número um do top nacional). Os Bandemónio já eram, agora o acompanhamento é apresentado pelo Comité Caviar. Nada mais do que Cláudio Souto nos teclados e órgão, Marco Nunes e Paulo Praça nas guitarras, Miguel Barros no baixo, Pedro Martins na bateria e na percussão, Patrícia Antunes e Patrícia Silveira nos coros, ou seja, um Comité do mais fino Caviar!
Esta nova banda rock de apoio ajuda a transformar o som deste «Longe». Apesar de algumas escolhas discutíveis: «Rei do Bairro Alto» é um erro de casting para single; «Ai, Ai, caramba! Fui…» era perfeitamente dispensável, o álbum tem algumas músicas muito bem conseguidas, onde sobressai aquilo que de melhor Pedro Abrunhosa tem: a qualidade da sua escrita.
Temas como “Entre A Espada e A Parede”; “Não Desistas de Mim”; “Pode O Céu Ser Tão Longe”, “Se Houver Um Anjo da Guarda”, “Fazer O Que Ainda Não Foi Feito”, “Durante Toda A Noite”, “Já Não Há Por Onde Fugir” e “Enquanto Há Estrada” farão parte do que melhor Pedro já fez na sua carreira.
 

Next article Eternal Sunshine of the Spotless Mind...
Previous article 25 de Abril Sempre!

Related posts

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *