Ecletismo Musical

Eterna Saudade (1920-1999)

Lágrima

Cheia de penas me deito

E com mais penas me levanto

Já me ficou no meu peito

O jeito de te querer tanto

Tenho por meu desespero

Dentro de mim o castigo

Eu digo que não te quero

E de noite sonho contigo

Se considero que um dia hei-de morrer

No desespero que tenho de te não ver

Estendo o meu xaile no chão

E deixo-me adormecer

Se eu soubesse que morrendo

Tu me havias de chorar

Por uma lágrima tua

Que alegria me deixaria matar

Next article Mark (Dylan) Knopfler?
Previous article Muito mais que apenas uma cara bonita...

Related posts

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *